Dica de Leitura: O Amor que dá vida, Kimberly Hahn | 72 de 365

Dica de Leitura: Amor que dá a vida, Kimberly Hahn

O livro da semana é o espetacular livro O Amor que dá vida, da escritora norte-americana, Kimberly Hahn. É um livro realmente fantástico! A autora é uma convertida do protestantismo, que encontrou o caminho de volta à Igreja pelo estudo das questões da vida e da sexualidade. Ela e seu esposo, também convertido, tem divulgado pelo mundo o tema que gerou tantas mudanças na vida daquela família.

Release: Com tantos “modelos de família” pipocando pela sociedade, não é surpreendente que muitos casais andem confusos: “Afinal, como formar uma família feliz?”, perguntam-se.
É exatamente a essa pergunta que Kimberly Hahn deseja responder em O amor que dá vida. Para isso, recorre ao Autor do casamento: o próprio Deus. Apoiando-se na tradição bíblica, na doutrina da Igreja e em inúmeros testemunhos de homens e mulheres (alguns dolorosos como o dela), defende os que ousaram formar uma família de acordo com o maravilhoso plano divino para o matrimônio.
Abrir-se ao plano de Deus para o matrimônio significa abrir-se à vida. Um amor que seja voluntariamente estéril – e não apenas no que toca à geração de filhos – não é verdadeiro amor. Em páginas lúcidas e comoventes, a autora trata de temas que assustam muitos católicos, numa época em que o “politicamente correto” é a contracepção: número de filhos, planejamento familiar, sexo no matrimônio, infertilidade, aborto e esterilização. E a solução para todos eles começa por uma atitude que perpassa todas estas páginas: a confiança filial em Deus.

O tema da vida e da família é aquele que vai mobilizar as querelas e os debates em breve. A leitura do livro da Kimberly Hahn é condição para entender a enormidade do problema.

Por favor, compartilhe o vídeo para seus contatos e curta a nossa fanpage. Ajude-nos a formar matrimônios mais santos e a salvar famílias para Deus.

Assinar o canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCOWheh0yDnlUBSp9wynm3HQ?sub_confirmation=1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *