Construindo O Matrimônio Com Paciência | 10 de 365

Construindo O Matrimônio Com Paciência

Tenha paciência com o seu irmão. Com mais razão ainda se ele for seu cônjuge. Matrimônio é o lugar onde se testa com mais frequência a virtude da paciência. E o termômetro do casal católico é sempre o amor de Deus, que nos aguarda calma e pacientemente. Lembre-se: Deus esperou por você! Ele teve e continua tendo paciência com suas inúmeras imperfeições, seus repetidos deslizes, suas reiteradas traições. Como o rei da parábola, o Senhor perdoa sua dívida praticamente impagável. Por que não tem a mesma paciência e caridade com sua esposa e joga-a tão depressa na prisão por causa do cartão de crédito estourado de novo? Qual a razão de explodir tão depressa com seu filho, por causa de uma reiterada desordem no quarto? Por que se impacienta com tanta rapidez com sua filha, que não sai das redes sociais? Sim, você tem razão, são casos que merecem reprimenda. Mas a questão é: tenha paciência. Pode sobrar-lhe inteligência, mas falta-lhe coração…

No vídeo abaixo oferecemos uma reflexão sobre a virtude da paciência, tão necessária nos matrimônios concretos, feitos de pessoas de carne e osso como eu e você. É necessário ouvir de novo, e de novo, e de novo a mensagem do Evangelho contra aquele servo impaciente: por que não perdoaste seu irmão? A paciência é necessária como resposta: resposta a Deus que nos deu 1, 10, 50 anos para começarmos a voltar o coração a Ele. Com paciência Ele aguardou que deixássemos nossa vida suja, nossa mente suja, nossa consciência soberba. Não seria generoso e conveniente que esperássemos – sem fechar os olhos aos erros, mas com paciência – a conversão e a mudança de vida daqueles que amamos?

Você consegue ver agora porque a virtude da paciência é capital para um matrimônio católico de verdade?

 

Assinar o canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCOWheh0yDnlUBSp9wynm3HQ?sub_confirmation=1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *