Crise

Pode o amor envelhecer? | 57 de 365

Pode o amor envelhecer? | 57 de 365

Pode o amor envelhecer? O amor entre os esposos cristãos pode esfriar? O amor tem data de validade? Para arrepio dos românticos inveterados, contra a propaganda das mídias, filmes e séries de tv, contra nossa contínua mania de negar os fatos que nos cercam, o amor matrimonial pode, sim, esfriar e morrer. Um matrimônio vivo e fecundo em seu início pode transformar-se em algo morno e insalubre, caso os membros do relacionamento descuidem dos elementos necessários para um relacionamento saudável. Mas só um tipo de Continue lendo

Por que meus relacionamentos nunca dão certo? | 55 de 365

Por que meus relacionamentos nunca dão certo? | 55 de 365

Por que meus relacionamentos nunca dão certo? Será que eu não fui feito para o matrimônio? Não existe pessoa capaz de me aturar nessa vida? Não existe pessoa suficientemente boa para mim? O que há de errado com meus relacionamentos? Algumas pessoas se decepcionam porque querem encontrar alguém que seja o que falta para suas vidas, a pessoa que a tornará plenamente feliz, aquela que completará o que falta a suas vidas. Esse é o erro capital! O maioria das pessoas desconsidera que nenhum objeto Continue lendo

Por que matrimônios católicos terminam inexplicavelmente? | 51 de 365

Por que matrimônios católicos terminam inexplicavelmente? | 51 de 365

Por que matrimônios católicos terminam inexplicavelmente? Como explicar matrimônios, que tiveram preparo suficiente, de gente séria e comprometida, com apoio espiritual e humano, que apesar de tudo acabou com o abandono de uma das partes? A falência de matrimônios assim é muito comum e causa em nós, que acompanhamos de perto, certa surpresa. O que acontece com esses casamentos? Por que seus relacionamentos não dão certo, apesar de tudo apontar para o seu sucesso? Vejo aqui a intromissão de algo que nenhuma preparação prévia pode Continue lendo

Dica de Cinema: Modigliani, Mick Davis | 47 de 365

Dica de Cinema: Modigliani, Mick Davis | 47 de 365

Dica de Cinema: Modigliani, Mick Davis Um dos filmes que mais gosto é Modigliani. Andy Garcia interpreta o pintor italiano, antagonista de Pablo Picasso. São muitas as reflexões que o filme traz, mas vou propor uma meditação para as famílias. Amadeo e Jeanne têm um relacionamento conturbado: eles são de mundos diferentes. Eles não têm a mesma religião, eles não têm as mesmas ambições, eles não são do mesmo mundo conceitual, eles não amam nem odeiam as mesmas coisas. O que os une é a Continue lendo

Dica de Cinema: História de Nós Dois, Rob Reiner | 40 de 365

Dica de Cinema: História de Nós Dois, Rob Reiner | 40 de 365

Dica de Cinema: História de Nós Dois, Rob Reiner Para esse final de semana sugiro o filme História de nós dois, de Rob Reiner. Essa dica é para quem já tem algum tempo de matrimônio. Os temas abordados pelo diretor e interpretados pelos atores são bastante úteis para quem já esteve em algum momento difícil do matrimônio. Por esse motivo, os ainda não casados e os casados de pouco não aproveitam tanto o filme. Acredito que, sem ter alguma experiência conjugal, com suas dificuldades e Continue lendo

O que é Débito Conjugal: Posso negar-me à minha esposa ou ao meu esposo? | 38 de 365

O que é Débito Conjugal: Posso negar-me à minha esposa ou ao meu esposo? | 38 de 365

O que é Débito Conjugal: Posso negar-me à minha esposa ou ao meu esposo? | 38 de 365 São Paulo nos adverte sobre uma verdade escondida nos matrimônios católicos: o corpo do esposo pertence a sua esposa e vice-versa. As pessoas não sabem que, para o cristianismo, há um dever entre os cônjuges: chama-se débito conjugal. Só por razões graves o cônjuge pode negar-se sexualmente ao outro. Isto porque o corpo de um não mais se pertence. Depois da cerimônia celebrada pelos noivos e assistida Continue lendo

O problema é o outro | 22 de 365

O problema é o outro | 22 de 365

O problema é o outro A premissa mais perversa do Mito do Príncipe Encantado é a suposição de que, no relacionamento que agora vivo, o responsável pelos maus caminhos é sempre o outro. Afinal, se há um sapo é por que há uma princesa, não é? Se há uma rã é porque existe um príncipe para transformá-la em membro da realeza, alguém para oferecer-lhe sangue azul. De fato, quem imagina seu relacionamento sob essa chave de leitura supõe que se faz parte da realeza e Continue lendo

Correção fraterna: como tornar meu cônjuge uma pessoa melhor | 5 de 365

Correção fraterna: como tornar meu cônjuge uma pessoa melhor | 5 de 365

Correção fraterna: como tornar meu cônjuge uma pessoa melhor Quem ama corrige. A questão não é “se” se deve corrigir. O problema é “como”. A vocação cristã é uma vocação difícil. O Senhor Jesus nos chama à perfeição, à justiça, à luta contra o menor defeito. Ora, isso obviamente causa tensões entre o que Ele espera e o que nós podemos de fato fazer. No matrimônio, tais defeitos ficam muito patentes pois nossos cônjuges acabam por nos conhecer muito bem. E conhecendo-nos, descobrem nossas mais Continue lendo